quinta-feira, novembro 04, 2004

21. FRASE
"Quem montará guarda aos próprios guardas?"...

segunda-feira, outubro 25, 2004

20. PASSAROLA VOADORA MEDIA
Os discursos de Miguel Paiva e Mário Almeida sobre a comunicação social em Vila do Conde. AQUI.

domingo, outubro 24, 2004

19. POLÍTICOS DA NOVA VAGA
Tão novos e já com o discurso todo bem decoradinho.
Porque raio é que os políticos mais jovens se guiam pelos núcleos duros dos partidos? Para além da obediência partidária, não encontro outra justificação para discursos tão cheios de nada. E o que mais assusta é que a maioria deles vai ser Poder nas próximas décadas.
As juventudes partidárias são importantes e ninguém lhes tira o mérito. Mas, se durante vários anos não são capazes de apresentar uma nova ideia, algo que, não colocando em causa a ideologia do partido que escolheu, lhes permita marcar a diferença, o que lhes sobra? Esperar apenas para ser ministro ou outra coisa qualquer que lhes sirva de sustento?
Ainda dizem que as coisas não caem do céu...

segunda-feira, outubro 18, 2004

18. EXPLICAÇÕES
Não há razões para explicar a minha ausência desta semana a não ser o trabalho e umas viagens longas pelo meio. No entanto continuo bem atento ao que se vai passando na blogosfera e nas considerações especiais dos bloggers. Destaque para a reportagem do Terras do Ave que promoveu mais uma vez - e bem - o Vilacondense, a provar que os blogs continuarão a crescer em influência junto das pessoas.
Para me gabar, está aqui a razão do meu orgulho. Vem logo no primeiro lugar...

terça-feira, outubro 12, 2004

17. Passarola Voadora Media
CONTINUA MARCELO...
EXPLICAÇÃO DA RTP VERSUS GABINETE DO PM

segunda-feira, outubro 11, 2004

16. DISCURSOS...
As únicas pessoas que devem ter gostado do discurso de Santana Lopes - com excepção dos indefectíveis amigos sociais democratas - foram os estudiosos da Propaganda. Fora isso, o discurso do primeiro-ministro é um conjunto de nadas, todos em sequência, a terminar no ridículo anunciar a agenda?!
Há, nas palavras de Santana, um claro apelo eleitoral à classe média. Em termos de economia nacional focou o IRS (para chamar a atrnção de quem trabalha por conta de outrém), a Função Pública (aumentos de acordo com a inflacção para todos os funcionários...) e as pensões que vão subir. Ou seja, de repente vemo-nos magros mas com umas calças largas nas mãos.
Uma comunicação ao país para dizer isto? Valha-me Deus...

domingo, outubro 10, 2004

15. 7 DIAS DA SEMANA

A SUBIR__

Sampaio, Jorge
A chamada de Marcelo Rebelo de Sousa foi de imediato atacada pelos sectores mais conservadores do PSD. No entanto, Marcelo não é apenas um comentador e o Presidente da República sabe isso muito bem. Sampaio não tem diarreia verbal. Fala quando entende que deve. Já este Governo não consegue viver longe dos microfones.
Em suma, Sampaio não pensa pela agenda mediática o que, convenhamos, é cada vez mais difícil de ver num político da actualidade.

Xutos e Pontapés
Últimas comemorações de 25 anos de rock. Aproveitaram a onda de uma forma que os outros não conseguiram. Este fim de semana estiveram em palco no Pavilhão Atlântico. Para encantar.

Amália
Cumpriu-se esta semana o 5º aniversário sobre a morte da fadista. O povo continua a cantá-la.


EMPATADO__

Rebelo de Sousa, Marcelo
Não dizer nada neste momento é o mesmo que especular-se sobre o futuro político do professor universitário. Talvez para não melindrar a TVI (afinal, a televisão é o meio mais poderoso junto das massas...), Marcelo escusa-se a comentários. Sair da TVI não é uma vitória. Mas também não é uma derrota.


A DESCER__

Gomes da Silva, Rui
Inconcebível que um simples ministro de Estado coloque em causa um direito básico de uma democracia: a liberdade de expressão. Mais: conseguiu que todo o País se pusesse a falar dele e das suas ideias. Para piorar: conseguiu, por meios que ainda não são conhecidos, destronar Marcelo da cadeira de comentador televisivo.

Amaral, Paes do
O patrão da TVI mostrou quem manda: a pretexto das declarações de Rui Gomes da Silva, ganhou coragem para pedir ao professor que moderasse as homilias. Para irmos mais longe, o caso ilustra a forma como os meios de comunicação social funcionam do ponto de vista estritamente económico.

Lopes, Santana
O primeiro ministro devia falar sobre o caso Marcelo e falou. Falou mas não explicou nada. Envolveu-se em discussões com jornalistas, e agendou para 2ª feira uma comunicação ao país. Vai ser assim durante dois anos?

14. Passarola Voadora Media
O QUE DIZ FURTADO